quinta-feira, 6 de maio de 2010

Instalando o Project e Visio no Ubuntu

Tenho vários clientes que utilizam o Microsoft Project e Visio. Este é com toda certeza um dos grandes problemas da adoção do linux nas empresas, pois vários profissionais utilizam estes softwares proprietários. Vou mostrar pra vocês como instalar os "ditu cujos" no nosso pinguin "véio" de guerra, deixando ele um "super-desktop", pronto para trabalhar em um projeto de migração das estações windows para linux. 

A primeira coisa que iremos realizar e a instalação do "Wine que está localizado em Aplicativos - Central de Programas do Ubuntu (não vou descrever a instalação do WIne pois não é o objetivo deste mini-tuto) 

Vá em Aplicativos - Wine - Desistalar Programs do Wine. 
Clique em "install" e localize o seu cd-rom ou executável. No meu caso aqui comecei pelo Visio 2003.

Coloque o seu serial e clique em "avançar"


O processo de instalação não é demorado, aguarde um pouco e a instalação estará concluída.

Pronto seu Visio está instalado e funcionando.


Agora vamos instalar o Project 2003. Faça os mesmos procedimentos anteriores. Ou seja va em Aplicativos - Wine - Desistalar programas do wine e localize o seu cd-rom ou executável.



Coloque o seu serial e clique em "avançar"


O processo de instalação não é demorado, aguarde um pouco e a instalação estará concluída.
 

Pronto seu Project está instalado e funcionando.

 
Não poderia deixar de falar que usar os aplicativos da Microsft no Linux é de certa forma "fora de mão" porém em alguns poucos casos os aplicativos do Tio Bil são necessários. 
Para abrir os 2 programas não levei mais que 3 segundos no linux e acredito que isso no windows não será possível...mas vamos tentar né.

  Esta última tela eu deixei os 2 programas aberto no meu ubuntu e funcionou corretamente. 

Gostou da dica ? Então vote.

Rodrigo Griffo
Gestor de T.I

1 comentários:

Marcelo Raposo - Janela!! disse...

Fiquei muito feliz em encontrar sua dica meu amigo. Mais ainsda ao ver que vinha do meu padrinho de casório Rodrigão!

Mais tarde eu conto se deu certo.